Recent Posts

10 mitos sobre cirurgia de miopia/astigmatismo

A cirurgia refrativa ou cirurgia para correção de miopia, astigmatismo ou hipermetropia é uma das cirurgias médicas mais realizadas em todo o mundo. A tecnologia envolvida nesses procedimentos é enorme. A industria investe muitos milhões de dólares em pesquisa e aperfeiçoamento dos aparelhos.
E isso tudo leva a índices de sucesso e segurança muito grandes



É claro que os casos que eventualmente não vão bem, acabam tendo maior repercussão na mídia do que os casos que vão bem. Quase nenhum paciente que tem uma cirurgia tranquila e saia enxergando bem vai na internet, num site, num jornal ou mesmo numa roda de amigos fazer o seu testemunho.
Mas um paciente que vai mal... Esse vai dar muita repercussão ao seu problema. Mesmo esse problema tendo solução.


Por isso nesse texto vamos tentar desmistificar um pouco esses problemas

Primeiro algumas estatísticas interessantes

  • Desde 1991 até 2016, mais de 40 milhões de cirurgia de LASIK foram realizadas em todo o mundo. Sem contar as cirurgias de PRK
  •  Anualmente, só nos EUA, são realizadas mais de 700 mil cirurgias. Na Europa, em 2015 foram quase 600 mil cirurgias refrativas. Na China, em 2012, o número estimado chega a quase 1 milhão de cirurgias por ano e com um potencial de crescer até 3 vezes esse número nos próximos anos
  • 95% dos pacientes estão satisfeitos com o seu resultado cirúrgico
  • Apenas 0,5% dos pacientes apresentam complicações graves
  • A cirurgia SMILE, que é uma técnica mais nova, já foi realizada mais de 1 milhão de vezes em todo o mundo


10 mitos ou dúvidas sobre cirurgias refrativas para miopia, astigmatismo ou hipermetropia


1. " A cirurgia não corrige astigmatismo"

Corrige sim, Tanto o Lasik, quanto o PRK e até mesmo a nova técnica chamada SMILE podem corrigir o astigmatismo com taxa de sucesso semelhante a miopia

2. "Leva muito tempo para eu voltar a trabalhar"

Isso não é bem verdade, Dependendo da técnica, especialmente no LASIK e no SMILE a recuperação é bem rápida e em 2 ou 3 dias já estão de volta a sua rotina enxergando muito bem. Os pacientes que fazem PRK, geralmente em 1 semana já voltam a trabalhar normalmente. Embora com a visão ainda um pouco embaçada.


3. "Eu estou muito velho para fazer cirurgia de miopia!"

Não existe um idade máxima para fazer cirurgia de correção de grau. Qualquer pessoa acima de 21 anos pode fazer cirurgia refrativa. Claro que para cada idade e dependendo do tipo de grau as técnicas vão ser diferentes e o resultado também. Mas todos podem fazer a cirurgia


4. "Usar lentes de contato é mais seguro do que operar?"

Na realidade os dados publicados até hoje dizem que o uso continuo de lentes de contato gelatinosas são tão ou até mais propensas a causar uma ifecção do que a cirurgia de LASIK

5. "Eu vou ficar acordada durante a cirurgia? Não posso dormir?"

Alguns pacientes até perguntam se não podem dormir e só acordar quando a cirurgia acaba. Mas se ela dormir, ela não vai podem colaborar com a cirurgia e fixar o olho no lugar certo. A cirurgia é tão rápida que nem vale a pena dar um anestesia desse tipo. Algumas vezes, até é dado um calmante para a pessoa relaxar. Mas dormir, não pode!

6. "Os pacientes não ficam satisfeitos com essa cirurgia"

De jeito nenhum. A taxa de satisfação com a cirurgia para correção de miopia varia entre 89 e 96%. Mais de 94% dos pacientes ficam com grau residual abaixo de 1 grau e não precisam mais usar óculos.

7. "A cirurgia dura para sempre"

Não, nem sempre. Eventualmente a pessoa vai precisar, com o passar dos anos, usar óculos, especialmente para perto (presbiopia). Mas o grau que foi corrigido, principalmente miopia e astigmatismo tendem a não voltar mais. Já para hipermetropia existe uma taxa de regressão do efeito da cirurgia que vai variar de acordo com o caso

8. "Tenho medo de ficar com olho seco, ou ter halos e glares após a cirurgia"

Embora isso seja um queixa importante e desconfortável, esses quadros não são comuns e geralmente resolvem espontaneamente nas primeiras semanas. Quase nunca duram mais do que 3 meses. Alguns exames do pré operatório podem ajudar a identificar os pacientes com mais risco a apresentar essas queixas.
Por outro lado, muitas pessoas banalizam a cirurgia. Acham que é só chegar, fazer uns exames, operar e sair andando. Não é assim também. É uma cirurgia! É no seu olho! Então faça um bom pré operatório e siga todas as recomendações do seu médico.
Para saber mais sobre Glare, halos etc, clique aqui

9. "Eu posso ficar cego fazendo essa cirurgia"

Poder até pode. Toda cirurgia oftalmológica pode causar cegueira. Mas na cirurgia de miopia (ou astigmatismo e hipermetropia) esse risco é muito, muito baixo. Quase zero. Na verdade, em termos estatísticos, o uso de lente de contato regularmente, traz tanto ou mais riscos à visão quanto uma cirurgia de correção de grau.

10. "O resultado é igual em qualquer clínica com qualquer médico"

Não confie a sua visão a qualquer pessoa. O sucesso da cirurgia depende tanto de um equipamento moderno, bom e bem calibrado quanto de um cirurgião experiente, bem formado e capaz de te passar segurança



E agora, o maior mito de todos:

"Oftalmologista não faz cirurgia refrativa em si mesmo!"
"Se cirurgia de miopia é tão bom porque os oftalmos ainda usam óculos? Porque eles não operam?"
"Médico tem medo de fazer cirurgia para não usar mais óculos"

Essas afirmações acima, a gente ouve com frequência nos consultórios e mais ainda na internet. E é uma tremenda mentira!

E aqui vão alguns dados que comprovam isso

➜ Um levantamento publicado em 2015 numa prestigiosa revista cientifica internacional mostrou que 60% dos cirurgiões oftalmológicos já tinham eles mesmo sido submetidos à cirurgia refrativa, E que 90% indicaram ou indicariam essa cirurgia para os seus parentes.
Isso é quase 5 vezes mais do que a frequência no restante da população. Nenhuma outra profissão realiza mais esse tipo de cirurgia do que os próprios oftalmologistas

➜ Outro levantamento mais antigo, de 2012, realizado pela ASCRS ( a sociedade americana dos cirurgiões oftalmológicos de cirurgia refrativa. A sociedade mais prestigiada do mundo nesse ramo) mostrou que:
25% dos cirurgiões oftalmologistas americanos já sofreram cirurgia para correção de grau.
25% realizaram a cirurgia nas suas esposas.
56% realizaram LASIK nos seus filhos. Isso também é um percentual muito acima da média da população

Isso por si só, já demonstra o quanto a cirurgia é boa e confiável.
Então, na próxima vez que pensar se a cirurgia de miopia, seja LASIK, PRK ou SMILE é uma cirurgia boa e segura, pense! Se o seu médico faria nele próprio ou num parente próximo, é porque a resposta é SIM!






Para saber mais sobre cirurgia refrativa e ajudar a definir qual técnica usar, leia o texto abaixo

Para saber mais sobre a cirurgia SMILE, a nova técnica de correção de miopia, leia:
http://www.medicodeolhos.com.br/2017/09/novas-tecnicas-de-cirurgia-para-miopia.html

Ainda com dúvidas sobre cirurgia refrativa? Aqui selecionamos as dúvidas mais comuns dos nosso leitores. Leia abaixo
http://www.medicodeolhos.com.br/2010/11/duvidas-sobre-cirurgia-refrativa.html


0 comentários:

Postar um comentário