Recent Posts

Saiba tudo sobre a Conjuntivite

Aprenda os sintomas, o tratamento e como se prevenir da conjuntivite

Catarata

Saiba como é a cirurgia da catarata, quais os riscos e complicações

Ceratocone

Tudo sobre o tratamento do ceratocone. Anel de Ferrara, Crosslink de córnea, Lente de contato e até Transplante de Córnea

Você precisa de Óculos ?

Faça um teste online simples e rápido e descubra se você tem miopia, hipermetropia ou astigmatismo

Visite nossa seção de vídeos

Veja nosso vídeos sobre cirurgia de miopia, de catarata, de retina, de ceratocone e muito mais

Uveíte Ocular

Uveíte ocular é uma doença que acomete os olhos, mais especificamente a região conhecida como úvea. Úvea (ou trato uveal) é um tecido do olho composto pela íris, pelo corpo ciliar e pela coróide. Por diversos motivos (veja abaixo) esse tecido pode inflamar e causar a doença conhecida como Uveite.
A uveite pode acometer homens e mulheres, crianças, adultos ou idosos.


O que causa a Uveíte?
Podemos dividir a uveite em causas infecciosas ou inflamatórias. Algumas doenças que afetam outros órgãos do corpo podem causar uveite. Por exemplo, existe uma certa relação entre doenças reumatológicas e uveite.
Abaixo listo algumas das muitas causas de uveite. Clicando sobre elas você será direcionado ao site MDSaúde aonde poderá ler mais sobre essas doenças  

Uveite infecciosa: Causas
- Toxoplasmose ocular (leia tudo sobre toxoplasmose ocular)
- AIDS (HIV) (leia sobre HIV/AIDS)
- Toxocaríase

Uveite de causa inflamatória:
- Tumores intraoculares
- Sarcoidose
- Doença de Vogt-Koyanagi Harada
- Doença de Behçet (aftas na boca, lesões genitais e uveite)
- Artrite Reumatóide (Leia: Artrite reumatóide para leigos)
- Artrite reumatóide juvenil ou idiopática (acomete principalmente crianças)
- Espondilite anquilosante (dor de coluna, uveite)
- e várias outras doenças menos comuns

Importante ressaltar que muitas vezes não conseguimos descobrir a causa da uveite. Nesses casos, chamamos de uveite idiopática (que é o mesmo de chamarmos de uveite de causa indefinida).

Tipos de Uveíte:

A uveíte pode ser classificada em anterior (acomete a porção anterior do olho, especialmente a íris), intermediária, posterior (acomete a porção posterior do olho, como retina e coróide) ou pode acometer todo o olho (uveítes difusas ou pan uveíte)


Uveite. Sintomas:
Os principais sintomas da uveíte são: dor ocular, vermelhidão intensa, fotofobia e diminuição súbita da visão. Esse quadro ocorre de forma súbita, ou seja, ao longo de 1 a 3 dias no máximo. O quadro pode parecer uma conjuntivite, mas diferente da conjuntivite, na uveite NÃO ocorre secreção abundante e a doença não passa de pessoa para pessoa.
Alguns casos de uveite posterior apresentam só dimunição da visão sem ter olho vermelho ou dor ocular. Também ocorrem as chamadas "moscas volantes", que são pequenos pontos pretos que ficam flutuando na frente da visão da pessoa e que se mexem conforme a pessoa mexe o olho.
A uveite precisa de tratamento imediato, então caso o paciente apresente os sintomas acima deve procurar um médico imediatamente.


Uveíte. Diagnóstico

O diagnóstico da uveite só pode ser feito por um oftalmologista. Como o quadro pode ser parecido com outras doenças (como conjuntivite) só o exame feito por um oftalmologista pode dizer se é ou não é uveite.
Na uveite existem sinais típicos que a diferenciam de outras doenças. Na foto abaixo vemos pontos redondos chamados precipitados ceráticos que são típicos de algumas formas de uveíte.

Uveite
Uveite

Para estabelecer a causa da uveite, o médico levará em consideração a idade da pessoa (há doenças mais comuns em crianças outras em idosos...), o sexo e a raça (negros são mais propensos a algumas doenças, brancos a outras doenças). A diferençiação entre uveite anterior e posterior também é importante.
Além do exame oftalmológico, o médico poderá pedir alguns exames de sangue para descobrir alguma doença específica, como toxoplasmose, sarcoidose, HIV, sífilis, além de exames para pesquisar as doenças reumatológicas (como dosagem de fator reumatóide, antígeno HLA-B27, FAN).
Várias doenças auto-imunes causam uveite e os exames acima podem ajudar a identificar algumas dessas doenças (leia mais sobre doenças autoimunes)


Uveíte. Tratamento:

O Tratamento da uveite deve ser feito com colírios e às vezes também com comprimidos.
Como colírios, usamos corticoesteróides, que serão pingados de várias vezes ao dia de acordo com a gravidade do caso. Além disso, utilizam-se colírios que dilatam a pupila (midriáticos). Esses colírios aliviam a dor e evitam algumas complicações da doença. Em alguns casos de uveite, a pressão ocular aumenta e por isso é preciso usar colírios para diminuir essa pressão.
Quando a inflamação é muito intensa e ocorre na parte posterior do olho (uveite posterior ou uveite difusas) é preciso usar corticóide por via oral, pesando sempre o risco/benefício devido aos efeitos colaterais dessa medicação (leia mais sobre esses efeitos colaterais clicando aqui).
Quando sabemos qual é a causa da uveite, o tratamento deve ser direcionado para essa causa. Então, se a causa for toxoplasmose, devemos usar o tratamento específico da toxoplasmose, se a causa for tuberculose, o tratamento específico da tuberculose e assim por diante. 

O que eu devo fazer se tiver com suspeita de uveíte?

Toda pessoa com os sintomas acima (olho vermelho, dor e diminuição da visão) deve procurar um oftalmologista o mais rápido possível. A uveíte pode causar uma perda permanente da visão e quanto mais cedo fizer o diagnóstico e começar o tratamento melhor.

Para saber mais uveíte por Toxoplasmose leia o texto abaixo: