Recent Posts

Saiba tudo sobre a Conjuntivite

Aprenda os sintomas, o tratamento e como se prevenir da conjuntivite

Catarata

Saiba como é a cirurgia da catarata, quais os riscos e complicações

Ceratocone

Tudo sobre o tratamento do ceratocone. Anel de Ferrara, Crosslink de córnea, Lente de contato e até Transplante de Córnea

Você precisa de Óculos ?

Faça um teste online simples e rápido e descubra se você tem miopia, hipermetropia ou astigmatismo

Visite nossa seção de vídeos

Veja nosso vídeos sobre cirurgia de miopia, de catarata, de retina, de ceratocone e muito mais

Como escolher seus óculos. Como cuidar dos óculos.

Uma dúvida bastante comum entre as pessoas que utlizam óculos é saber qual óculos comprar. Qual tipo de lente escolher e qual armação fica melhor são perguntas bastantes comuns, então vamos definir alguns pontos.
Obs: Esse texto vai comentar sobre óculos de grau. Para saber sobre óculos escuros, clique aqui


Qual tipo de lente de óculos devo usar?

Isso vai depender do seu tipo de grau, da finalidade do óculos (usar o tempo todo, usar só para ler, usar para esportes, para dirigir etc) e do seu orçamento (o preço pode variar muito de acordo com a qualidade das lentes). Quando você for visitar as óticas para comparar preços, lembre-se de perguntar ao óptico a marca e as características das lentes que ele relacionou no orçamento. Deve-se comparar as mesmas lentes pois só assim a base de comparação será justa e possibilitará uma boa decisão. Às vezes uma lente mais barata numa ótica é de qualidade muito inferior a lente oferecida em outra ótica.
Alguns tratamentos como anti-arranhão e anti-reflexo melhoram a qualidade da visão e a duração dos óculos
Lentes de óculos com e sem antirreflexo


Lentes de óculos arranhada

Qual material de lente devo escolher?

As lentes de óculos podem ser feitas de vários materiais diferentes:
Vidro ou Cristal: É um material resistente a riscos porém muito pesado e pode quebrar com facilidade.
Resina: É a lente mais comum e mais utilizada. É boa para graus baixos mas quando o grau é mais alto, não apresenta uma boa qualidade de imagem. Por ser fácil de arranhar requer tratamento anti arranhão.
Policarbonato: é uma lente muito resistente e leve e por isso é a preferida para crianças e esportistas. Também apresenta boa proteção ultravioleta.
Trivex: É um material novo no mercado e que é ainda mais resistente do que o policarbonato. E ainda assim são lentes leves.
Alto Índice: São lentes com alto índice de refração (1,67 ou 1,74) o que faz com que sejam lentes finas e leves. Proporcionam imagens de alta qualidade e podem ser usadas em graus altos. Cada fabricante tem um nome diferente para as suas lentes de alto índice.


Como saber se as lentes são verdadeiras?

Qual a diferença entre uma lente de óculos que custa três vezes mais do que uma outra? E como saber se realmente as lentes que escolhi são as que estarão nos meus óculos?
A maneira mais eficaz é observar as “marcações nas lentes”. Invisíveis a olho nu, essas marcas aparecem quando as lentes são colocadas contra a luz ou com o uso de aparelhos próprios. Especialmente as lentes multifocais ou antireflexo tem essas marcas que são uma garantia contra falsificações. O seu médico ou o ótico podem conferir isso para você.
Na hora de pegar seus óculos peça ao vendedor o selo de autenticidade e garantia das lentes. A maioria dos fabricantes tem um cartão de garantia do produto e, no caso de um defeito de fabricação, essas empresas  oferecem uma garantia ampla e, às vezes, até a troca das lentes sem custo algum para o paciente.

Qual a melhor lente de acordo com o meu grau?

Como dito acima, pessoas com graus altos devem optar por lentes de alto índice pois são mais finas e mais leves, evitando aquele velho “fundo de garrafa”.

Lentes para astigmatismo: Pessoas com astigmatismo alto são muito sensíveis à qualidade de confecção dos óculos. Por isso, a escolha das lentes e a centragem das mesmas é fundamental. Lentes chamadas asféricas ou biasféricas são as melhores opções. Lentes surfaçadas ou digitais são personalizadas e permitem minimizar as diferenças de espessura de borda das lentes.

Lentes para Hipermetropia: As lentes usadas para corrigir a hipermetropia são lentes positivas (+). Por isso elas causam um efeito “lupa” aumentando o tamanho do rosto da pessoa que usa esse óculos. Por isso, os óculos devem ficar bem ajustados e próximos dos olho para minimizar esse problema. Além disso, lentes de alto índice ou policarbonato são mais leves e finas e causam menos efeito “lupa”.

Lentes para Miopia: Da mesma maneira que na hipermetropia, as melhores são as de alto índice. Quantos mais finas as lentes menos distorções causarão no tamanho do rosto da pessoa que está usando os óculos.


Óculos para a prática de esportes: O policarbonato costuma ser o material de escolha para atividades esportivas em função de seu baixo peso e elevada resistência. Deve-se evitar armações grandes, optando preferencialmente pelas de tamanho pequeno, bem adaptada ao rosto do usuário, com alta resistência e elástico preso nas hastes, apoiados na cabeça. 

Óculos para dirigir: As lentes solares polarizantes são indicadas para motoristas, pescadores, velejadores e outros praticantes de atividades externas . As lentes absorvem a radiação indesejável e reduzem a quantidade de luz visível, diminuindo significativamente os reflexos. Também existem as lentes night drive, que tem uma coloração especial e um antirreflexo que melhoram a qualidade da visão para dirigir a noite, principalmente na chuva. São ótimos óculos para dirigir a noite



visão com as lentes night drive

Qual armação devo escolher para o meu óculos?

A armação usada nos óculos podem representar um custo muito mais alto do que a própria lente do óculos. No entanto, é a armação que vai deixar seu óculos bonito e confortável para o uso diário. Muitas pessoas tem vários óculos com armações diferentes para usar em ocasiões diversas e combinar com a roupa ou com o momento (mais sério ou mais despojado).

Regra básica para escolher a armação: Os óculos montados de forma correta devem ficar apoiados nas orelhas e no nariz. As lentes não devem encostar nas bochechas. Em geral, as armações com ângulos e formas retas deixam a expressão mais séria e as armações com formas arredonddas deixam a fisionomia mais leve e suave.

Se a armação que você escolher tiver aquelas plaquetas para apoiar no nariz, prefira as de silicone, que incomodam menos. As hastes que prendem os óculos nas orelhas não devem pressionar a parte lateral do rosto mas também não devem ficar muito soltas para que o óculos não caia ao olhar para baixo.

A melhor armação para cada tipo de rosto:

Existe algumas regras antigas para escolher o tipo de armação de acordo com o formato do rosto. Isso não é uma verdade absoluta mas pode ajudar. Na verdade, o importante é a pessoa se sentir bem com aquele óculos e não o que é determinado por regras criadas por outras pessoas.


O rosto oval é um dos melhores tipos de rostos, pois combina com a grande maioria das armações. Mas para evitar que o rosto fique longo demais, o melhor é optar por modelos não muito largos.
Quem tem rosto arredondado deve adotar, de preferência, armações quadradas ou retangulares, já que elas suavizam e afinam o rosto.
Já as pessoa com rosto mais quadrado, com testa e queixo largos, com maxilares salientes, devem evitar armações redondas e optar por óculos que tenham aros com cantos retangulares e armações com suporte em fio de náilon, pois elas suavizam a aparência e ficam bem discretas.
Para as pessoas que tem rostos com formato triangular, com testa larga e queixo fino, as armações estreitas e arredondadas correspondem às opções mais adequadas. A armação deve ter a mesma medida ou ser mais larga que a parte mais larga do seu maxilar

Cuidados com os Óculos:


Algumas medidas podem aumentar o tempo de vida útil do seus óculos: (retirado em parte do site www.cryzal.com.br)


1 - Lave suas lentes: Você deve lavar as lentes primeiro molhando-as e depois lavando-as com sabão neutro (sem hidratante). Lave depois em água corrente. Limpe cuidadosamente com tecido especial para limpeza de lentes ou lenço de papel macio.
2 - Umedeça sempre suas lentes ao limpá-las: Nunca esfregue suas lentes secas. Isto ajuda a prevenir arranhões na superfície das lentes causadas pela poeira existentes nas lentes
3 - Deixe seus óculos sempre as lentes voltadas para cima: Assim, você evita contato direto das lentes com objetos que podem causar danos.
4 - Mantenha os óculos no estojo: Isto protege de partículas de poeira e da possibilidade de se partirem ou lascarem, se algo cair sobre eles. Para retirá-los do estojo, abra-o completamente e os retire com cuidado, segurando pelo centro da armação.
5 - Retire seus óculos do rosto segurando firmemente em ambas as hastes: Desta forma, o ajuste e a forma da armação se mantêm por mais tempo.
6 - Evite deixar suas lentes expostas ao calor: As lentes oftálmicas são compostas de camadas que sofrem danos quando exposta ao calor, principalmente aquelas com tratamento anti-reflexo. Portanto, evite deixar suas lentes dentro do porta-luvas do carro ou muito próximas a microondas, churrasqueiras, secadores e spray de fixação para cabelos, por exemplo.
7 - Lentes fotocromática : Deixe que as lentes fiquem totalmente claras antes de guardá-las. Assim, você assegura sua claridade na próxima vez que utilizá-las.
8 - Segure sempre seus óculos pela armação e nunca pelas lentes.
9 - Nunca use álcool ou acetona na limpeza das lentes. Isso danificará as lentes. Use só água e sabão neutro.

Quer saber como interpretar a receita do seu óculos?
http://blogoftalmo.blogspot.com/2010/07/entenda-receita-dos-seus-oculos.html

Usa óculos multifocal? Então saiba mais sobre o assunto:
http://blogoftalmo.blogspot.com/2010/04/tudo-sobre-oculos-multifocal-dicas-para.html

Saiba como escolher um óculos escuros bom, lendo o texto abaixo
http://www.medicodeolhos.com.br/2010/08/oculos-de-sol-ou-oculos-escuros.html

Entenda a receita dos seus óculos

Quando você vai ao médico oftalmologista e este te passa uma receita de óculos você consegue entender o que esta receita está dizendo? A comunicação entre o médico e a ótica (ou, mais precisamente, o ótico responsável pela ótica) é feita por códigos e linguagem que muitas vezes são inacessíveis a quem não é do ramo.


Então, vamos ensinar como entender uma receita de óculos.
A primeira coisa da receita é a identificação do nome e a data da prescrição. Isso é fundamental para comparações com exames futuros. Lembre-se de guardar todas as suas receitas de óculos antigas.
As siglas OD e OE significam olho direito e olho esquerdo respectivamente.

As receitas ficam divididas em duas partes: grau de longe e grau de perto.
Os números que aparecem antes da abreviação .esf (de esférico) vão significar o grau de miopia (se for um grau com o sinal negativo antes do número) ou de hipermetropia (se o sinal for positivo).
Resumindo: Esférico com sinal + é hipermetropia e com sinal - é miopia

O número que aparece antes da abreviação .cyl ou .cil (de cilindro) se refere ao grau de astigmatismo (em quem não tem astigmatismo esse campo ficará zero).
O grau de astigmatismo não é colocado em toda a superfície da lente mas só e um determinado eixo. Por isso, ao lado desse número aparece um outro número que determina o eixo do astigmatismo. Ele varia de 0 a 180 graus. No Brasil, esse grau de cilindro (astigmatismo) é sempre precedido de um sinal negativo (-).

Eixo do astigmatismo. Varia de 1 a 180

O grau de presbiopia ou vista cansada, aparece na parte do grau de perto. Esse grau de perto é sempre somado ao grau de longe e é sempre precedido de um sinal positivo (+).
Em muitas receitas de óculos, esse grau vem após a palavra "adição" ou a abreviação .ad
Por exemplo, se uma pessoa tem +2,00 graus para longe (hipermetropia) e necessita de uma adição de +3,00 para perto, o seu óculos de perto vai ser de +5,00 (+2,00 + 3,00).
Agora, se o grau de longe for de -2,00 (miopia) e necessitar de +3,00 para ler de perto, o seu óculos será de +1,00 (-2,00 + 3,00). É uma simples operação matemática.
Alguns médicos já fazem essa soma na receita e outros só escrevem o valor da adição (que no exemplo acima foi  +3,00).

Em uma outra parte da receita está escrito a palavra "prisma". Nessa parte, o médico colocará algum número se o paciente tiver algum grau de estrabismo ("vesguice") e for corrigir isso com óculos. Se não for o caso, essa parte da receita ficará em branco.

Além desse graus de miopia, hipermetropia, astigmatismo ou presbiopia existentes na receita, os oftalmologistas anotam um valor chamado DNP ou só DP. Essa sigla significa a distância entre as pupilas (ou distância pupilar) e é um dado muito importante na hora de montar os óculos. Alguns oftalmologista fazem essa medida na consulta mas outros preferem que o ótico faça essa medição na própria ótica.
Os médicos muitas vezes também anotam qual tipo de lente eles recomendam, seja pelo material (resina, policarbonato etc...) ou pelo fabricante.

Lembre-se:
  • Sempre guarde suas receitas e leve elas ao médico quando for fazer novas consultas para verificar o grau.
  • Receita de óculos NÃO é receita de lentes de contato. Algumas informações para fazer as lentes de contato e o grau certo dessas lentes só são obtidas num teste específico para lente de contato.

Para saber como escolher a melhor armação para o seu rosto e a lente certa para o seu grau, leia o texto abaixo, Nesse texto você também aprenderá a cuidar dos seus óculos da maneira certa
http://www.medicodeolhos.com.br/2010/07/como-escolher-seus-oculos.html

Se pretende comprar um óculos escuros saiba como escolher uma lente boa e o óculos certo
http://www.medicodeolhos.com.br/2010/08/oculos-de-sol-ou-oculos-escuros.html

Usa óculos multifocal? Então saiba mais sobre o assunto:

Quer saber mais sobre Lentes de Contato?